Confira lista dos concursos mais aguardados para 2016
NOTÍCIAS
Estabilidade e salários que podem passar de R$ 16 mil mensais. Esses são os principais motivos que devem levar milhões de candidatos a se aventurarem no mundo dos concursos públicos em 2016. E se a ideia é seguir a carreira pública, fique atento às oportunidades que estão previstas para o ano que vem nas prefeituras, Estado e União.
A expectativa é de que sejam abertas, pelo menos, 18,5 mil vagas. No entanto, esse número pode ser ainda maior, somando-se as vagas que ainda não foram definidas, como é o caso da Polícia Militar do Espírito Santo. É bom lembrar que os concursos federais precisam ser autorizados pelo Ministério do Planejamento.
De acordo com o levantamento feito pela Associação Nacional de Apoio e Proteção aos Concursos (Anpac), há previsão de abertura de concursos na Polícia Federal, Receita Federal, Ministério da Fazenda, Polícia Rodoviária Federal, entre outros.
Há, ainda, uma grande expectativa com o concurso público do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, que abrange os Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo. O órgão já anunciou que o edital de abertura do certame será publicado em março do ano que vem. O objetivo será formar cadastro reserva nos cargos de técnico e analista judiciários, com salário inicial de R$ 5.365,92 e 8.803,97, respectivamente.
Outra seleção tida como certa é a da Polícia Federal. Neste caso, serão 58 vagas para delegados e peritos. Os candidato devem ter o nível superior. O órgão não precisa de autorização do Ministério do Planejamento para abrir concurso público.
Orientação
Em setembro deste ano, o governo federal anunciou a suspensão de 40.389 cargos em concursos públicos em 2016. A notícia pegou muitos candidatos de surpresa, mas especialistas orientam que o momento é de estudar, pois os concurso vão sair.
O juiz federal e autor de livros especializados em concursos, William Douglas, destaca que os concursos federais estão suspensos, mas não cancelados. Ele cita, por exemplo, o concurso do Instituto Nacional do Seguro Social, que vai oferecer 950 vagas. O edital foi publicado no último dia 23 e as inscrições começam no dia 4 de janeiro, no site www.cespe.unb.br.
“Teremos, ainda, concursos na Polícia Federal e no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por exemplo. E existem os concursos do Poder Judiciário Federal, nos Estados e municípios. Hoje, nós temos mais de meio milhão de cargos a serem preenchidos. Não existe como ficar adiando o preenchimento de tantos cargos por muito tempo”, comentou.
Ele afirma, ainda, que o candidato não deve desanimar e prosseguir com os estudos. “Primeiro, deve-se ter em mente que somente os concursos federais estão adiados, mas vão acontecer. Os demais continuam. Ou seja, os concursos das esferas estaduais, municipais e federais continuam oferecendo opções excelentes. Em segundo lugar, deve-se pensar o seguinte: quem continuar a estudar para os concursos federais vai estar na frente quando eles forem retomados. Então, a palavra de ordem é: continue estudando porque quem parar vai sair da ‘fila’!”.
A coordenadora pedagógica do Damásio Educacional, Suelen Rodrigues, concorda e reforça para que os concurseiros não parem de estudar.
Dicas
Prioridade
O procedimento adequado para quem deseja passar em um concurso público é começar a estudar de imediato, mesmo com ou sem a publicação do edital. O candidato deve priorizar conhecimentos de língua portuguesa, raciocínio lógico-matemático, informática básica, fundamentos de Direito Constitucional e Direito Administrativo. Essas disciplinas são necessárias em quase todos os concursos nas esferas municipal, estadual
ou federal.
Plano de estudos
O candidato deve construir um plano de estudos compatível com a respectiva agenda diária. Deve, ainda, administrar o tempo, sendo fundamental que o estudante preserve de modo equilibrado os momentos de trabalho, lazer e estudos. Deve, ainda, se planejar com uma visão de curto, médio e longo prazos, tendo sempre em vista o cargo que deseja alcançar.
Carreira
É preciso ter dedicação especial aos conteúdos específicos da carreira para a qual irá concorrer.
Fonte: Valério Heringer, professor do CEP
Concursos previstos nas esferas municipal, estadual e federal
Governo do Estado
No Orçamento de 2016, estão previstos os seguintes concursos: Secretaria de Estado de Gestão e Recursos Humanos (Seger), Secretaria de Estado da Educação (Sedu) e
Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases). Ainda não há previsão para publicação dos editais.
Segurança Pública
De acordo com o Plano Plurianual do governo do Estado, há previsão para abrir um concurso público por ano na Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil. Ainda não há previsão para publicação dos editais.
Prefeitura de Vila Velha
A Prefeitura de Vila Velha informa que já estuda a realização de concurso para o próximo ano. As áreas, cargos e quantitativos ainda estão sendo definidos com base na análise criteriosa do impacto financeiro.
Câmara de Vila Velha
Serão 21 vagas de níveis fundamental, médio e superior, e salários iniciais que variam entre R$ 1.078,65 a R$ 3.786,00. O edital está previsto para ser publicado a qualquer momento.
Prefeitura de Cariacica
A oferta será de 902 vagas, com chances para todos os níveis de escolaridade. A remuneração varia de R$ 811,64 a R$ 2.475,77. A elaboração do edital, previsto para ser publicado na primeira quinzena de janeiro, ficará sob a responsabilidade do Instituto de Educação e Desenvolvimento Social Nosso Rumo.
Defensoria Pública do Estado
Serão oferecidas entre cinco e dez vagas para defensor público. O subsídio pode chegar a R$ 10 mil. O edital está previsto para sair a qualquer momento.
Instituto Nacional do Seguro Social
950 vagas. O edital foi publicado no último dia 23 e as inscrições começam no dia 4 de janeiro, no site www.cespe.unb.br.
Abin
470 vagas para os níveis médio e superior. A remuneração varia de R$ 5.248,93 a R$ 14.662,34.
ANTT
670 vagas para analistas e técnicos. Os salários são de R$ 5.418,25 para técnico administrativo, R$ 5.674,25 para técnico em regulação,
R$ 10.543,90 para analista, e R$ 11.403,90 para especialista.
Agência Nacional das Águas
39 vagas na carreira de especialista. O salário oferecido para o posto de especialista corresponde a R$ 12.347,49.
Advocacia Geral da União
16 vagas para procurador. A remuneração é de R$ 15.719,13.
Anvisa
120 vagas para técnico administrativo. A função exige o nível médio e tem remuneração de R$ 6.062,52.
Banco do Brasil
A seleção visa a preencher vagas para escriturário, que exige o nível médio. A expectativa é de que até o início do ano a instituição libere o edital para ingresso em seis Estados, entre eles o Espírito Santo. A remuneração é de
R$ 3.644,48, incluindo as gratificações.
Banco Central
300 vagas para técnico, com remuneração de R$ 5.158,23.
Controladoria Geral da União
600 vagas para o cargo de analista de finanças e controle, que exige formação superior e apresenta vencimentos de R$ 15.376,70, com o benefício de alimentação incluso.
Governo do Estado
No Orçamento de 2016, estão previstos os seguintes concursos: Secretaria de Estado de Gestão e Recursos Humanos (Seger), Secretaria de Estado da Educação (Sedu) e
Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases). Ainda não há previsão para publicação dos editais.
Segurança Pública
De acordo com o Plano Plurianual do governo do Estado, há previsão para abrir um concurso público por ano na Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil. Ainda não há previsão para publicação dos editais.
Prefeitura de Vila Velha
A Prefeitura de Vila Velha informa que já estuda a realização de concurso para o próximo ano. As áreas, cargos e quantitativos ainda estão sendo definidos com base na análise criteriosa do impacto financeiro.
Câmara de Vila Velha
Serão 21 vagas de níveis fundamental, médio e superior, e salários iniciais que variam entre R$ 1.078,65 a R$ 3.786,00. O edital está previsto para ser publicado a qualquer momento.
Prefeitura de Cariacica
A oferta será de 902 vagas, com chances para todos os níveis de escolaridade. A remuneração varia de R$ 811,64 a R$ 2.475,77. A elaboração do edital, previsto para ser publicado na primeira quinzena de janeiro, ficará sob a responsabilidade do Instituto de Educação e Desenvolvimento Social Nosso Rumo.
Defensoria Pública do Estado
Serão oferecidas entre cinco e dez vagas para defensor público. O subsídio pode chegar a R$ 10 mil. O edital está previsto para sair a qualquer momento.
Instituto Nacional do Seguro Social
950 vagas. O edital foi publicado no último dia 23 e as inscrições começam no dia 4 de janeiro, no site www.cespe.unb.br.
Abin
470 vagas para os níveis médio e superior. A remuneração varia de R$ 5.248,93 a R$ 14.662,34.
ANTT
670 vagas para analistas e técnicos. Os salários são de R$ 5.418,25 para técnico administrativo, R$ 5.674,25 para técnico em regulação,
R$ 10.543,90 para analista, e R$ 11.403,90 para especialista.
Agência Nacional das Águas
39 vagas na carreira de especialista. O salário oferecido para o posto de especialista corresponde a R$ 12.347,49.
Advocacia Geral da União
16 vagas para procurador. A remuneração é de R$ 15.719,13.
Anvisa
120 vagas para técnico administrativo. A função exige o nível médio e tem remuneração de
R$ 6.062,52.
Banco do Brasil
A seleção visa a preencher vagas para escriturário, que exige o nível médio. A expectativa é de que até o início do ano a instituição libere o edital para ingresso em seis Estados, entre eles o Espírito Santo. A remuneração é de R$ 3.644,48, incluindo as gratificações.
Banco Central
300 vagas para técnico, com remuneração de R$ 5.158,23.
Controladoria Geral da União
600 vagas para o cargo de analista de finanças e controle, que exige formação superior e apresenta vencimentos de R$ 15.376,70, com o benefício de alimentação incluso.
Correios
1.862 vagas para cargos de nível médio. A remuneração varia de R$ 2.885,37 a R$ 3.017,42.
Dnit
1.331 vagas para analistas e técnico. O pedido está em tramitação no Ministério do Planejamento.
Eletronuclear
Formação de cadastro de reserva para cargos de níveis médio e superior. A banca organizadora será a Fundação Bio-Rio. O edital será publicado a qualquer momento.
Fiocruz
600 vagas para assistente, analista e técnico. A remuneração varia de R$ 3.333,81 a
R$ 16.782.
Funai
220 vagas para cargos de nível superior. O edital precisa ser publicado até o dia
22 de abril.
IBGE
Das 600 vagas, 460 são de técnico, 90 de analista e 50 de tecnologista. O técnico tem remuneração de R$ 3.471,85, podendo chegar a R$ 5.011,01, com titulação. Já analistas e tecnologistas têm salários de R$ 7.373,49, que chegam a até R$ 9.107,88, com titulação. O edital está previsto para ser publicado nesta segunda-feira, 28.
Ibama
680 vagas para analista ambiental. Remuneração é de R$ 8.062,65.
Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel)
O concurso vai preencher cadastro de reserva para cargos de níveis médio e superior. A remuneração será de até R$ 4 mil. A seleção será organizada pelo Cetro.
TRF da 2ª Região
O Tribunal Regional Federal da 2ª Região, que abrange os Estados do Espírito Santo e Rio de Janeiro, vai abrir concurso para cadastro de reserva para os cargos de analista e técnico, que exige os níveis superior e médio, respectivamente. A expectativa é de que o edital seja publicado em março.
Ministério da Fazenda
3.500 vagas para auditor e analista. As oportunidades pleiteadas, se autorizadas pelo Planejamento, devem ser liberadas de maneira escalonada até o ano de 2019. A remuneração chega a R$ 16.116,64.
Ministério do Meio Ambiente
100 vagas para agente e analista. A exigência é ter o nível médio e superior, respectivamente.
Polícia Rodoviária Federal
1.500 vagas para policial rodoviária federal, que exige o nível superior. A remuneração inicial gira em torno de R$ 6,7 mil.
Polícia Federal
Serão 558 vagas, das quais 491 são para delegado e 67 para peritos. Os dois cargos exigem o nível superior. O órgão não precisa de autorização por parte do Ministério do Planejamento para realizar novos certames. Fica dependendo apenas de um parecer do órgão, no sentido de atestar as condições financeiras para as contratações. As remunerações iniciais para essas carreiras são de
R$ 16.830,85, com jornada de 40 horas semanais.
Receita Federal
O órgão solicitou autorização para 5 mil vagas, sendo 2 mil de auditor-fiscal e 3 mil para analista-tributário. As remunerações oferecidas no início da carreira são de R$ 9.629,42 para analista e de R$ 16.116,64 para auditor.
1.862 vagas para cargos de nível médio. A remuneração varia de R$ 2.885,37 a R$ 3.017,42.
Dnit
1.331 vagas para analistas e técnico. O pedido está em tramitação no Ministério do Planejamento.
Eletronuclear
Formação de cadastro de reserva para cargos de níveis médio e superior. A banca organizadora será a Fundação Bio-Rio. O edital será publicado a qualquer momento.
Fiocruz
600 vagas para assistente, analista e técnico. A remuneração varia de R$ 3.333,81 a
R$ 16.782.
Funai
220 vagas para cargos de nível superior. O edital precisa ser publicado até o dia
22 de abril.
IBGE
Das 600 vagas, 460 são de técnico, 90 de analista e 50 de tecnologista. O técnico tem remuneração de R$ 3.471,85, podendo chegar a R$ 5.011,01, com titulação. Já analistas e tecnologistas têm salários de R$ 7.373,49, que chegam a até R$ 9.107,88, com titulação. O edital está previsto para ser publicado nesta segunda-feira, 28.
Ibama
680 vagas para analista ambiental. Remuneração é de R$ 8.062,65.
Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel)
O concurso vai preencher cadastro de reserva para cargos de níveis médio e superior. A remuneração será de até R$ 4 mil. A seleção será organizada pelo Cetro.
TRF da 2ª Região
O Tribunal Regional Federal da 2ª Região, que abrange os Estados do Espírito Santo e Rio de Janeiro, vai abrir concurso para cadastro de reserva para os cargos de analista e técnico, que exige os níveis superior e médio, respectivamente. A expectativa é de que o edital seja publicado
em março.
Ministério da Fazenda
3.500 vagas para auditor e analista. As oportunidades pleiteadas, se autorizadas pelo Planejamento, devem ser liberadas de maneira escalonada até o ano de 2019. A remuneração chega a R$ 16.116,64.
Ministério do Meio Ambiente
100 vagas para agente e analista. A exigência é ter o nível médio e superior, respectivamente.
Polícia Rodoviária Federal
1.500 vagas para policial rodoviária federal, que exige o nível superior. A remuneração inicial gira em torno de R$ 6,7 mil.
Polícia Federal
Serão 558 vagas, das quais 491 são para delegado e 67 para peritos. Os dois cargos exigem o nível superior. O órgão não precisa de autorização por parte do Ministério do Planejamento para realizar novos certames. Fica dependendo apenas de um parecer do órgão, no sentido de atestar as condições financeiras para as contratações. As remunerações iniciais para essas carreiras são de
R$ 16.830,85, com jornada de 40 horas semanais.
Receita Federal
O órgão solicitou autorização para 5 mil vagas, sendo 2 mil de auditor-fiscal e 3 mil para analista-tributário. As remunerações oferecidas no início da carreira são de R$ 9.629,42 para analista e de R$ 16.116,64 para auditor.
Fonte: Gazeta Online

 

Leia +
Comerciante assassinado com um tiro na nuca ao lado da mulher em Anchieta
Agente penitenciário se irrita com churrasco e atira em rua do ES
Morador colhe batata doce de quase 13kg em Jacaraípe, ES
Entenda o cálculo da nova aposentadoria
Feirão online para limpar o nome tem 10 negociações por segundo
Zelador é preso suspeito de estuprar duas crianças em Cariacica, ES
INSS deve pagar 4 mil aposentados do ES após erro, diz MPF
 
 
 
 
© Copyright 2015 - Todos os direitos reservados - Rádio Piúma FM