Ex-governador do ES, José Ignácio Ferreira é condenado por sonegar mais de R$ 4,3 milhões
NOTÍCIAS
O ex-governador do Espírito Santo, José Ignácio Ferreira, foi condenado pelo crime de sonegação de tributos no valor de mais de R$ 4 milhões. A Justiça determinou pena de quatro anos e oito meses de reclusão em regime, inicialmente, semiaberto, além do pagamento de multa no valor de R$ 76,8 mil.
 
Segundo a denúncia do Ministério Público Federal (MPF-ES), a partir de investigação da Receita Federal, foram encontrados diversos depósitos sem comprovação de origem, efetuados em dezembro de 1998, em conta particular do ex-governador (enquanto era senador) no valor total de R$ 2.846.900,00, que caracterizavam fato gerador de imposto de renda e deveriam constar na declaração anual de José Ignácio.
 
Por isso, o réu foi enquadrado no artigo 1º, inciso 1, da Lei 8.137/1990 (lei que define os crimes contra a ordem tributária). A sentença foi proferida no dia 3 de julho, pela 1ª Vara Federal Criminal da Justiça Federal no Espírito Santo.
 
O G1 tentou entrar em contato com os advogados de José Ignácio, mas as ligações não foram atendidas até a publicação do texto.
 
FONTE: G1/ES
 
 
Leia +
Zelador é preso suspeito de estuprar duas crianças em Cariacica, ES
Comerciante assassinado com um tiro na nuca ao lado da mulher em Anchieta
Agente penitenciário se irrita com churrasco e atira em rua do ES
Morador colhe batata doce de quase 13kg em Jacaraípe, ES
Empresário morto em Anchieta pode ter sido vítima de latrocínio, diz polícia
Vale tem vagas de estágio no ES com bolsa de até R$ 1.118
Prefeitura confirma dois casos de zika vírus em Vitória
 
 
 
 
© Copyright 2015 - Todos os direitos reservados - Rádio Piúma FM