Indústrias vão abrir 3.150 vagas de emprego no Espírito Santo
NOTÍCIAS
Embora o momento econômico não seja favorável para novos investimentos, algumas indústrias estão se preparando para saírem mais fortes da crise. Vendo mercado potencial para crescimento, empresas de metalmecânica, de engenharia de alimentação, ligadas ao setor moveleiro ou de cosméticos, entre outras áreas, estão implementando novas unidades no Estado e vão empregar mão de obra na construção e na operação de seus projetos.
Só entre as empresas que estão dentro do programa Invest-ES, plano de incentivos fiscais do governo, serão abertas 2.350 vagas de emprego em 13 indústrias. Além dessas vagas, o Parque Leste Oeste Empresarial, que começa a ser construído em julho em Cariacica, deve contratar 400 profissionais da construção civil. E a empresa Placas do Brasil, em Pinheiros, vai criar mais 400 na fase de obras, cuja pedra fundamental será lançada em junho.
Dentro do Invest-ES, o secretário de Estado de Desenvolvimento, José Eduardo Azevedo, destaca que o Estado atrai cada vez mais empresas, de áreas diversificadas, devido a sua localização geográfica que facilita a distribuição logística, e a integração à cadeia metalmecânica.
“As empresas tem escolhido se relocalizar no Estado por conta dos incentivos fiscais, mas também pelo custo de logística, já que estamos em uma região central do Brasil, e pelo custo e disponibilidade de mão de obra”.
 
Além disso, Azevedo lembra que há empresas que se integram na cadeia do agronegócio capixaba. “A Placas do Brasil, que vai usar como insumo eucalipto, e a Indústria Chocolates Capixaba, que vai usar 100% de cacau capixaba, além de agregar valor nos produtos do Estado”, observa.
Chance
Há cerca de três meses sem emprego, Marks Simon, 22, é um dos capixabas que procura uma chance de trabalhar. Para ele, conseguir uma vaga na indústria seria uma boa ideia, já que ele gosta da área. Seu último emprego foi como ajudante de operação de máquinas, onde ele ficou por 6 meses.
“Penso em trabalhar na indústria, é uma oportunidade de fazer algo legal e aprender uma profissão nova. No futuro, quero fazer Engenharia”, diz ele.
Construção de bairro abre vagas
Um projeto que vai construir um bairro que mistura lotes empresariais, comerciais e residenciais começa a ser construído na região da rodovia Leste-Oeste, em Cariacica, em julho deste ano. Para a implantação do empreendimento, serão 400 vagas de emprego na área da construção civil, explica Alexandre Schubert, diretor-geral da VTO Polos Empresariais.
“A Leste-Oeste é o novo eixo de dinâmica econômica da Região Metropolitana. O projeto está todo aprovado para iniciar e o lançamento será em julho. São 344 lotes, sendo 147 destinados a empresas de logística, armazenagem e comércio. Em julho, as empresas que vão fazer a urbanização vão contratar em torno de 400 pessoas. A gente vai fazer a contratação via Sine, vão ser profissionais da construção civil em geral”, diz Schubert.
Investimentos que vão gerar postos de trabalho nos próximos dois anos
INDÚSTRIA DE COSMÉTICOS CARVALHO
Investimento: mais de R$ 10 milhões. Começa a funcionar em junho.
Local: Cariacica O que vai produzir: cosméticos, produtos de perfumaria e de higiene.
Vagas de emprego: 150 vagas em áreas como auxiliar de produção, de pesagem e de laboratório. Está recebendo currículos pelo e-mail dp.es@industriacarvalho.com.br. É preciso ter 2º grau completo.
NATURESANI ENGENHARIA SANITARIA e AMBIENTAL
Investimento: R$ 6 milhões. A fábrica está em construção e fica pronta no 2º semestre.
Local: Amarelos, Guarapari. O que vai produzir: reservatórios, cisternas, cubas e outros recipientes.
Vagas de emprego: 20 vagas, entre técnicos, eletricistas, engenheiros e químicos. Vai contratar via Sine.
INDÚSTRIA CHOCOLATE CAPIXABA
Investimento: R$ 7,6 milhões. Começa a operar ainda em 2016.
Local: Serra. O que vai produzir: produtos de chocolate, tabletes e barras de alto teor de cacau.
Vagas de emprego: vai contratar 40 profissionais via empresa de recrutamento. São chances para operador logístico, operador de estoque, gerente de estoque, operador de máquina, operador de qualidade, entre outros.
PERFILADOS RIO DOCE
Investimento: R$ 170 milhões. A nova fábrica ainda está em fase de projeto. A fábrica atual terá expansão concluída no 2º semestre.
Local: Serra. O que produz: tubos com costura, postes padrão e de distribuição de energia e defensas metálicas.
Vagas de emprego: 20 vagas para este ano, em funções como operador de máquinas e auxiliar de produção. Para 2018, serão até 600 oportunidades no grupo.
PMI
Investimento: R$ 60 milhões. O início das operações está previsto para o segundo semestre de 2016.
Local: Vitória. O que produz: Garrafas térmicas da marca Aladdin e produtos isotérmicos.
Vagas de emprego: vai contratar 150 profissionais.
METALVIX ENGENHARIA E CONSULTORIA
O que vai produzir: eliminação de pneus inservíveis por meio da trituração e produção de grânulos de borracha e aço triturado.
Local: Cariacica.
Vagas de emprego: 50 empregos quando estiver em funcionamento, em 2018.
OXFORD PORCELANAS
Investimento: R$ 80 milhões. Começa a funcionar até julho.
Local: São Mateus.
O que vai produzir: louça cerâmica e porcelana de mesa.
Vagas de emprego: 750 vagas para a operação.
SKYSTONE DO BRASIL
Investimento: R$ 1,5 milhão
Local: São Domingos do Norte.
O que vai produzir: máquinas e equipamentos para extração mineral, exceto para petróleo.
Vagas de emprego: 30.
ELIT INDÚSTRIA DE TINTAS E REVESTIMENTOS
O que vai produzir: Tintas, verniz, massas para revestimento, thinner, aguarrás e complementos.
Local: Viana.
TUBOS SOLDADOS ATLÂNTICO
O que vai fazer: Serviços de usinagem.
Local: Serra.
VALLOUREC TUBOS DO BRASIL
O que vai fazer: Tubos e perfis ocos, sem costura, de ferro ou aço.
Local: Serra.
XLOG DISTRIDUIDORA
O que vai fazer: fabricação de forma metálica perdida.
Local: Serra.
REDUX INDÚSTRIA E COMÉRCIO
O que vai fazer: fabricação de Arla32, uma solução usada para reduzir a emissão de gases tóxicos provenientes da queima do diesel.
Local: Linhares.
PLACAS DO BRASIL
Investimento: R$ 388 milhões na indústria e mais R$ 80 milhões na base florestal. A construção começa em junho e produção deverá ser iniciada em janeiro de 2018. O que vai fazer: painéis de MDF cru e revestido.
Local: Pinheiros.
Vagas de emprego: vai gerar 400 empregos na fase de obras. Quando entrar em operação, 150 vagas na unidade industrial e 450 em plantio, colheita, transporte, entre outras.
PARQUE LESTE OESTE EMPRESARIAL
Investimento: R$ 90 milhões. A implantação começa em julho. Conclusão prevista para junho de 2019.
O que vai fazer: lotes empresariais, comerciais e residenciais.
Local: Cariacica.
Vagas de emprego: são 400 vagas com contratação via Sine para profissionais da construção civil em geral, além de técnicos em edificações, operador de máquinas e de equipamentos técnicos.
 
Fonte: A Gazeta
 

 

Leia +
Comerciante assassinado com um tiro na nuca ao lado da mulher em Anchieta
Agente penitenciário se irrita com churrasco e atira em rua do ES
Morador colhe batata doce de quase 13kg em Jacaraípe, ES
Entenda o cálculo da nova aposentadoria
Feirão online para limpar o nome tem 10 negociações por segundo
Zelador é preso suspeito de estuprar duas crianças em Cariacica, ES
INSS deve pagar 4 mil aposentados do ES após erro, diz MPF
 
 
 
 
© Copyright 2015 - Todos os direitos reservados - Rádio Piúma FM