O caos na saúde do ES: crianças dormem no chão do corredor
NOTÍCIAS

Na manhã desta quinta-feira (8), o Sindicato dos Trabalhadores da Saúde no Estado do Espírito Santo (SindSaúde-ES) recebeu fotos do Hospital Estadual Infantil e Maternidade de Vila Velha (Heimaba) que revelam acompanhantes dormindo no chão no Pronto-Socorro e até bebês em leitos improvisados em cadeiras.

Logo que o Instituto de Gestão e Humanização (IGH), que é uma Organização Social (OS) privada sem fins lucrativos que presta serviços terceirizados para o governo, assumiu o Heimaba, o número de mortes da UTI Neonatal da unidade, por exemplo, disparou.

A Organização Social (OS) assinou contrato com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) para gerir o Heimaba em setembro do ano passado, e já deve fornecedores que vendem produtos e serviços à unidade estadual.

Do período de julho de 2015 a fevereiro de 2018, constam 124 ocorrências referentes a pendências financeiras do IGH, que somam pouco mais R$ 292 mil, sendo a última deste mês. Já no período de novembro de 2015 a janeiro de 2018 são 24 ocorrências de dívidas vencidas, que chegam a R$ 57,9 mil (último registro em janeiro passado). Segundo documento, a OS deve desde empresas que vendem equipamentos hospitalares a produtos como gás de cozinha.

As reclamações de fornecedores que não estão sendo pagos pelo IGH é um fato que já foi registrado em outros estados, onde a Organização Social responde, inclusive, a vários processos. O Sindicato havia alertado a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) a respeito da instabilidade econômica da OS, e, apesar disso, os gestores estaduais continuaram com o processo de contratação. Fonte ES em Foco

Leia +
Comerciante assassinado com um tiro na nuca ao lado da mulher em Anchieta
Agente penitenciário se irrita com churrasco e atira em rua do ES
Morador colhe batata doce de quase 13kg em Jacaraípe, ES
Entenda o cálculo da nova aposentadoria
Feirão online para limpar o nome tem 10 negociações por segundo
Zelador é preso suspeito de estuprar duas crianças em Cariacica, ES
INSS deve pagar 4 mil aposentados do ES após erro, diz MPF
 
 
 
 
© Copyright 2015 - Todos os direitos reservados - Rádio Piúma FM