"Parecia que o mundo estava acabando", diz sobrevivente de rompimento de barragem em MG
NOTÍCIAS

As primeiras vítimas do rompimento da barragem da Samarco em Mariana (MG), a cerca de 100km de Belo Horizonte, narraram cenas de medo e heroísmo na madrugada desta sexta-feira (6). O ginásio acolhe cerca de 150 desabrigados pela tragédia, mas o número de pessoas que chegam ao local deve aumenta.

"Começou um barulho e parecia que o mundo estava acabando", lembrou a dona de casa Zélia Ana Batista, de 58 anos, moradora de um dos distritos atingidos pela avalanche de lama e pedras.
A tragédia ocorreu na tarde de quinta (5), quando as barragens de rejeitos da empresa Samarco romperam. O número de vítimas ainda está sendo calculado, e as causas investigadas.
Zélia foi avisada pela Defesa Civil de que sua casa estava dentro da área de risco. Ela fugiu com o filho de 35 e conseguiu levar consigo apenas as roupas que vestia e documentos.
"Subimos um morro e lá em cima tinha um ônibus esperando. Perdi tudo: máquina de lavar, fogão novo, dois televisores, DVD...", contabiliza a mulher, que ficou viúva há um mês.
Segundo ela, mãe e filho foram encaminhados para um hospital local. Lucinélia afirmou que suas próprias filhas, duas meninas de 4 e 9 anos, foram salvas graças à sua irmã. A casa de Lucineia foi invadida pela lama sem que nem seus documentos pudessem ser encontrados.
De acordo com o guarda municipal Alisson Santos, dezenas de famílias ainda são esperadas na Arena, onde pilhas de roupas, sapatos, material de higiene pessoal e alimentos os aguardam. As doações foram feitas por moradores da região e empresas locais. Santos, que afirma ter visto um cenário "assustador" no local atingido, disse que muitas famílias ainda estão ilhadas e devem ser resgatadas apenas pela manhã.

 

Leia +
Zelador é preso suspeito de estuprar duas crianças em Cariacica, ES
Comerciante assassinado com um tiro na nuca ao lado da mulher em Anchieta
Agente penitenciário se irrita com churrasco e atira em rua do ES
Morador colhe batata doce de quase 13kg em Jacaraípe, ES
Empresário morto em Anchieta pode ter sido vítima de latrocínio, diz polícia
Vale tem vagas de estágio no ES com bolsa de até R$ 1.118
Prefeitura confirma dois casos de zika vírus em Vitória
 
 
 
 
© Copyright 2015 - Todos os direitos reservados - Rádio Piúma FM