Pastora desconfiou do marido após 2 anos sem relações sexuais
NOTÍCIAS
Em entrevista concedida ao site do jornal EXTRA, a pastora Bianca Toledo afirmou que passou a desconfiar do marido, o pastor Felipe Garcia Heiderich, preso por abusar do enteado, seis meses após o casamento - de dois anos e meio - quando ele passou a se recusar a manter relações sexuais.
 
Ele teria chegado a usar um tumor na hipófise como justificativa para o desinteresse, e a esposa marcou uma consulta com um médico.
"Ele falou que queria ir sozinho, para falar sobre coisas do passado dele que não queria que eu escutasse. Quando voltou disse que estava diagnosticado com a doença, mas não mostrou nada comprovando. Foi aí que passei a desconfiar dele. Liguei para a médica, que me disse que ele tinha mentido. Contou também que meu marido tinha dupla personalidade e é homossexual", disse Bianca
 
Foi então que Bianca lembrou dos alertas da babá e chamou o filho para um conversa. "Tentei tratar o tema de forma bem lúdica. Perguntei onde ele dormia quando a mamãe viajava. E ele disse que era na cama junto com o papai. Perguntei também se alguma vez o papai tinha dado banho nele. E o relato foi horrível", disse a pastora.
 
Fonte: Gazeta Online
Leia +
Comerciante assassinado com um tiro na nuca ao lado da mulher em Anchieta
Agente penitenciário se irrita com churrasco e atira em rua do ES
Morador colhe batata doce de quase 13kg em Jacaraípe, ES
Entenda o cálculo da nova aposentadoria
Feirão online para limpar o nome tem 10 negociações por segundo
Zelador é preso suspeito de estuprar duas crianças em Cariacica, ES
INSS deve pagar 4 mil aposentados do ES após erro, diz MPF
 
 
 
 
© Copyright 2015 - Todos os direitos reservados - Rádio Piúma FM