Martha Scherrer assume a Prefeitura de Piúma.
NOTÍCIAS

O termo de transmissão de cargo foi assinado diante do Controlador Geral, do Procurador Geral e de secretários. Regina Martha Scherrer Rocha ou Dona Marta Scherrer, assim mais conhecida em Piúma é muito querida pela população, principalmente a economicamente desfavorecida, pela sensibilidade que carrega, sempre ouvindo e atendendo a todos, inclusive em sua casa. Com um coração enorme, que todos em Piúma conhecem, Dona Martha lembra muito a sua mãe, Dona Izalina Scherrer, fundadora do Lar dos Idosos de Piúma e esposa de Seu José de Vargas Scherrer, primeiro prefeito de Piúma. Dona Martha chegou a Piúma com cinco anos de idade, o seu pai, Seu José de Vargas Scherrer foi um dos responsáveis pela emancipação política de Piúma, em 1964. Aos 69 anos, a prefeita Martha Scherrer foi vereadora por 4 mandatos e em suas primeiras declarações afirmou que “Tenho muita preocupação com a saúde, educação e a infraestrutura do nosso município. Mas eu tenho confiança e acredito muito em Deus, que é perfeito. Ele está na frente e eu não vou ter dificuldades”, disse. Nos corredores da prefeitura assim que chegou por volta das 8h30 Dona Martha era cumprimentada pelos servidores que tem apreço e respeito por ela. Nas redes sociais os cumprimentos são muitos e todos são repletos de palavras de boas-vindas.
“A Martha Scherrer é uma pessoa de simplicidade e simpatia incrível. Sinônimo de amor ao próximo, uma pessoa extremamente humana. Na política, sempre militante das causas sociais. Fiel escudeira da verdade e da honestidade. Uma mulher de fibra e caráter. Conduta ilibada, venerável pela sua conduta de fidelidade aos seus pares. Fico emocionado ao falar de Marta, pois ela foi mais que uma companheira legislativa, hora foi amiga, hora foi irmã, hora foi mãe. Marta é Piúma”! Ressaltou Nilson Rainha, Assessor do Deputado Estadual Coronel Alexandre Quintino.
“Dona Martha é muito especial para todos nós. Estou orando e pedindo muito a Deus que Ele a proteja e a todos nós”, disse Carmem Lúcia.

Legislação

Essa substituição é pelo período de 90 dias, conforme determina a Lei Orgânica em seu Art. 99, em decorrência de Medida Cautelar Sigilosa da justiça, expedida pelo Desembargador Fernando Zardini, da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo, que afastou o prefeito Ricardo Costa.

FONTE : ESPÍRITO SANTO NOTÍCIAS.

 

Leia +
Comerciante assassinado com um tiro na nuca ao lado da mulher em Anchieta
Agente penitenciário se irrita com churrasco e atira em rua do ES
Morador colhe batata doce de quase 13kg em Jacaraípe, ES
Entenda o cálculo da nova aposentadoria
Feirão online para limpar o nome tem 10 negociações por segundo
Zelador é preso suspeito de estuprar duas crianças em Cariacica, ES
INSS deve pagar 4 mil aposentados do ES após erro, diz MPF
 
 
 
 
© Copyright 2015 - Todos os direitos reservados - Rádio Piúma FM